School.FernandoTavares

Educação é para todos...

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Welcome to school.fernandotavares

Um excelente professor é?

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Teaching Practices and Pedagogical Innovations - Evidence from TALIS

Um excelente professor é o que faz os alunos aprender e ter sucesso na escola. Tudo o resto, nomeadamente, as normas, os currículos, avaliações, recursos, liderança escolar, vêm em segundo lugar.

No entanto, o que realmente sabemos sobre o que os professores fazem na sala de aula?

Ainda, segundo os autores deste livro editado pela OECD, uma constatação final deveras importante é que também há uma clara diferença entre os perfis dos bons professores, no nível de cooperação com outros colegas e envolvimento em grupos de trabalho cooperativo, dentro e fora das escolas.

Os melhores professores vêm o ensino como uma responsabilidade coletiva da profissão, não como uma atividade individual que acontece dentro de uma sala. Eles abrem as portas de suas salas de aula, convidando colegas para participar nas suas atividades mas também para divulgar o que aí acontece. É esse tipo de professores que precisamos para trabalhar com os nossos filhos.

Teaching Practices and Pedagogical Innovations | OECD Free preview | Powered by Keepeek Digital Asset Management Solution

Classrooms seem to be the ‘black boxes’ of the education system. There is not an awful lot of research on classroom teaching practices, but TALIS 2008 provides some self-reported data on teaching practices and professional activities including participation in collaborative learning with colleagues. The main TALIS report, published in 2009, compared the relative preference for three different teaching practices – structuring, student oriented and enhanced activities – across the 23 different countries that participated in the survey. The report showed differences between countries regarding the extent to which teachers are favouring directive and teacher-directed practices over more activating and learner-centred ones. These TALIS results were received as rather disappointing signals, suggesting that the teaching profession was relatively resistant to change in many countriesin OECD book abstract

Consultar o livro aqui

Actualizado em Quarta, 02 Dezembro 2015 12:22

Classificar a aptidão física

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Classificar a aptidão física

Apesar de a educação física escolar ter sido menosprezada recentemente pelo ME alterando-se a sua importância ao nível da relevância para a média do ensino secundário, é para nós importante classificar a aptidão física dos nossos alunos.

Apesar dos programas nacionais de educação física referenciarem como condição de sucesso nesta área, o aluno encontrar-se dentro da zona saudável do fitnessgram, na nossa escola utilizamos tabelas de classificação da condição física.

Utilizando como referência para a classificação 3/10 (nível três no ensino básico e dez valores no ensino secundário) o limite de entrada na zona saudável e para o 5/20 (nível cinco no ensino básico e vinte valores no ensino secundário), construímos as tabelas em anexo.

De acordo com o plano de turma, os professores de educação física podem utilizar diversos testes de aptidão física para aferir, avaliar e classificar  a aptidão física dos seus alunos, utilizando-se como referência para a classificação os seguintes testes da bateria de testes fitnessgram mais o teste de velocidade:

  • Teste de abdominais e extensões de braços
  • Teste do vaivém
  • Teste senta e alcança
  • Teste de velocidade de 40 metros (de acordo com o protocolo definido para o megasprinter)
Anexos:
Fazer download deste ficheiro (TabelasFitnessgram_Mai2013.pdf)TabelasFitnessgram_Mai2013.pdf[ ]371 Kb
Actualizado em Segunda, 20 Maio 2013 07:30

O valor da escola

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Quanto vale a educação?.

É importante para os nossos alunos?

Penso que um dos grandes problemas para o sucesso educativo dos nossos alunos, reside no valor que intrinsecamente dão à sua educação.

Escola em Moçambique (2011- foto Carlos Paixão)Repetidas vezes, nós professores chamamos a atenção para os nossos alunos para o desperdício de recursos materiais que se verifica nas nossas salas de aula.

Costumo informar os meus alunos de algumas estatísticas, que me parecem, muito relevantes, para nos sentirmos gratos pelo fato de podermos estudar, termos recursos muito razoáveis (sendo inquestionável a relatividade das comparações) e normalmente não valorizar e valorizarmo-nos com as oportunidades que temos.

Socorrendo-me das estatísticas do Relatório para o desenvolvimento humano (publicado a 2 de novembro de 2011 o Relatório 2011), verificamos que

"...Most of the approximately 774 million adults unable to read and write – about one-fifth of the world’s population – are concentrated in South and West Asia, sub-Saharan Africa, and East Asia and the Pacific.

Actualizado em Quarta, 02 Maio 2012 07:30 Continuar...

Pág. 9 de 10

Sobre o site

Novos visitantes hoje:0
Novos visitantes ontem:7
Visitantes43187
Visualizações hoje:112
Total de visualizações:571674
Desde:2011-10-24

Visitante atual

United States

Unknown Bot
Your IP: 54.224.220.72

Quem está Online

Temos 70 visitantes em linha

Onde estão?

You are here Home
Copyright © 2018 www.school.fernandotavares.com.pt. Todos os direitos reservados. Designed by JoomlArt.com. Joomla! é um Software Livre sob licença GNU/GPL.